Casos

Filtrar casos:

Pesquisa sobre os alunos egressos da Unidade Escolar da Fundação Roberto Marinho

A Fundação Roberto Marinho (FRM) desenvolve soluções educacionais a partir da identificação de problemas que impactam a aprendizagem e a permanência de crianças e jovens nos sistemas de ensino. Atua em soluções com foco em correção de fluxo e apoio complementar à alunos com defasagem, e na inclusão de jovens no mundo do trabalho.

O Telecurso é uma tecnologia educacional, reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e adotada como política pública, que auxilia alunos que não puderam concluir os níveis de Ensino Fundamental e Médio na idade adequada.

Em 2019, a Fundação Roberto Marinho contratou a Herkenhoff & Prates para executar a implementação de pesquisa com egressos da escola da FRM. O objetivo da pesquisa era investigar as contribuições do Telecurso para a continuidade dos estudos e a melhoria das condições de trabalho e de vida dos egressos. 

Desafios

O objetivo da pesquisa era investigar as contribuições do Telecurso para a continuidade dos estudos e a melhoria das condições de trabalho e de vida dos egressos. Para atingi-lo, o maior desafio enfrentado foi acessar os estudantes. Os números para contato (telefone fixo e celular) de 49% da população estavam desatualizados, apresentando problemas como: números incorretos, inexistentes, indisponíveis, não mais pertencentes aos egressos, além de números permanentemente ocupados.

A solução

A seguinte pergunta motivou o estudo: qual o papel do Telecurso nas dimensões educacional, ocupacional e financeira da vida dos egressos da Unidade Escolar da Fundação Roberto Marinho? Para respondê-la, a empresa utilizou a metodologia de survey, realizando pesquisa quantitativa amostral por telefone com egressos da Unidade escolar da FRM, que concluíram o curso entre 2013 e 2019.  Essa metodologia permite coletar de maneira eficiente uma ampla gama de informações válidas para uma população a partir de um número relativamente pequeno de entrevistas, gerando resultados estatisticamente representativos.

  • Para a execução da pesquisa, a Herkenhoff & Prates construiu um questionário a partir de uma abordagem empática, com seções introdutórias de familiarização dos entrevistados com os pesquisadores. O questionário foi organizado em quatro blocos temáticos: Perfil do respondente: dados demográficos e socioeconômicos do momento de entrada no Telecurso e após a saída do programa.
  • Vida educacional: trajetória escolar antes, durante e após a entrada na Unidade Escolar da FRM.
  • Vida ocupacional: trajetória profissional antes, durante e após a entrada na Unidade Escolar da FRM.
  • Vida financeira: rendimento do trabalho antes, durante e após o ingresso na Unidade Escolar da FRM.
  • Avaliação do Telecurso: percepção dos concluintes sobre a contribuição e impacto do Telecurso nas dimensões escolar, profissional e financeira da vida.

Para a elaboração do questionário, foram consideradas ainda as questões e terminologias da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) e da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), visando validade e comparabilidade entre os dados.

Resultados

Por meio de análises descritivas e comparadas os resultados do survey foram examinados, mostrando que o Telecurso exerce papel importante na vida educacional e ocupacional dos egressos, e que o papel do Programa na vida financeira dos estudantes é indireto, possibilitando o acesso a ocupações do mercado de trabalho para profissionais com Ensino Fundamental e Médio completo.  Além disso, as dificuldades de acesso aos estudantes fomentaram uma série de recomendações à FRM para o fortalecimento de vínculos com a comunidade escolar. Dessa forma, os resultados do estudo contribuirão para o aperfeiçoamento do Telecurso, demonstrando aspectos seus que podem ser potencializados.

Contato