Notícias

Filtrar notícias:

Conferência Ethos: Confira a agenda de 2020

A Conferência Ethos 2020, em formato totalmente virtual e gratuito, teve início nessa quinta-feira (2), dialogando com especialistas sobre questões como o pós-pandemia, a economia, novas formas de capitalismo, o papel das empresas frente aos desafios dessa geração e a grandeza das florestas.

Foram mais de cinco horas de conversas que puderam contar com a participação do público que enviou perguntas através do chat do YouTube. Ao todo, serão 25 semanas de Conferência Ethos, que vai até o dia 17 de dezembro, sempre às quintas-feiras, no canal do Ethos no YouTube, onde os vídeos das atividades ficam salvos. Os diálogos serão divulgados no site da Ethos.

Viabilizada pelas patrocinadoras: Alcoa, Hydro, Natura, Petrobras e Shell, a Conferência Ethos 2020 irá contar com a participação de cientistas, especialistas, líderes empresariais e representantes de povos originários. Nacionais e Internacionais.

Destaques do primeiro dia de Conferência Ethos

Um mundo transformado

Traçando uma análise do marco global da pandemia de Covid-19, a proposta da abertura foi justamente fazer uma conversa sobre as transformações severas que a sociedade vem passando.

Thiago Amaparo, professor da FGV Direito SP, mestre e doutor em direitos humanos, avalia que temos que analisar qual seria o papel do setor privado nesse novo mundo, pós-pandemia. “Acredito que será trazer cada vez mais a pauta ambiental e social

para as empresas. O futuro vai falar menos de diversidade, mas mais sobre os impactos desproporcionais nos diferentes grupos. O setor privado tem uma participação muito importante em não só apostar em diversidade, mas em como trabalhar as questões que estão postas no mundo, no âmbito das empresas. Um papel ativo, por uma sociedade melhor”.

O maior desafio da nossa geração e o papel das lideranças empresariais

Participaram da discussão, compartilhando seus pontos de vista e experiências sobre essa construção coletiva necessária, Andre Lopes, presidente da Shell Brasil; Caio Magri, diretor-presidente Ethos; Francine Lemos, diretora executiva do Sistema B Brasil; e Jayme Garfinkel, executivo e acionista da Porto Seguro Seguros. A moderação do debate ficou por conta de Rejane Romano, coordenadora de Comunicação do Ethos.

Os palestrantes ressaltaram a necessidade das empresas terem papel ativo em ações que sejam capazes de gerar impacto positivo na sociedade a partir da crise que tem se instalado no país.

“Estamos lidando com um mundo muito complexo e as soluções precisam ser conduzidas de uma forma diferente. A crise nos trouxe a necessidade de uma cooperação radical e a carta é o tipo de iniciativa que precisamos, porque acreditamos no poder dos negócios para gerar uma transformação. Precisamos pensar e fazer diferente para conseguir enfrentar todos os problemas que temos, precisamos começar a falar sobre impacto social positivo, as empresas e a sociedade precisam pensar de uma maneira diferente que vai demandar cooperação e criatividade”, apontou Francine Lemos.

Confira a agenda do Instituo Ethos e acompanhe, clique aqui.

Contato